O publicitário e ex-seminarista Gil Rugai, acusado de matar o pai e a madrasta em São Paulo, em 2004, passou na primeira fase do vestibular da Fuvest (Fundação Universitária para o Vestibular) - o mais concorrido do País. A Fuvest afirma, porém, que a instituição não tem autorização legal para divulgar qual curso o detento escolheu.

A primeira fase da Fuvest foi realizada no dia 22 de novembro e contou com 90 questões. As provas de segunda fase serão realizadas do dia 3 a 5 de janeiro.

Em agosto, Rugai já tinha passado na primeira fase do vestibular de medicina da Universidade Estadual do Rio de Janeiro.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.