Ex-secretário de Saúde de Rosinha deixa prisão

O ex-secretário de Saúde do Rio na gestão de Rosinha Matheus, Gilson Cantarino, preso em julho deste ano durante a operação Pecado Capital, deixou o presídio Bangu 8, no Rio, na tarde de sábado, segundo informações da Secretaria de Administração Penitenciária (Seap). Junto com o ex-secretário, outras sete pessoas presas conseguiram na última sexta-feira o habeas-corpus, concedido pelo ministro Celso de Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF).

Agência Estado |

Foram libertados Itamar Guerreiro, Marco Antonio Lucidi, Claro Luiz Dantas da Silva, Alcione Maria Mello de Oliveira Athayde, Mario Donato D'Angelo, Pedro Paulo Pellegrino Rodrigues e Ismar Alberto Pereira Bahia, segundo o STF. A Operação Pecado Capital foi desencadeada no dia 15 de julho pelo Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro para prender uma quadrilha que desviou mais de R$ 60 milhões destinados ao projeto Saúde em Movimento. Foram cumpridos 12 dos 14 mandados de prisão expedidos pelo juízo da 21ª Vara Criminal da Comarca da capital.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG