Ex-secretário de Porto Seguro se entrega à polícia

O ex-secretário de Governo e Comunicação de Porto Seguro, litoral sul da Bahia, Edésio Ferreira Lima Dantas, de 44 anos, se entregou, no fim da tarde de hoje, à polícia. Ele é acusado de ser o mandante dos homicídios contra o então presidente do Sindicato dos Trabalhadores na Educação do município, Álvaro Henrique Santos, de 28 anos, e do diretor do sindicato Elisney Pereira dos Santos, de 31.

Agência Estado |

Os crimes ocorreram em 17 de setembro, quando a categoria estava em greve.

Dantas, exonerado do cargo no dia 1º, era considerado foragido da Justiça desde 9 de fevereiro, quando o juiz da Vara Criminal da cidade, Roberto Costa Freitas Júnior, expediu mandado de prisão preventiva contra ele. Na semana passada, a defesa do acusado chegou a fazer um pedido de habeas corpus, mas o benefício foi negado.

Segundo o delegado-chefe da Polícia Civil, Joselito Bispo, Dantas está detido na carceragem da Polícia Interestadual (Polinter), na capital, e aguarda a Justiça definir quando será tomado seu depoimento.

Três policiais militares acusados de ser os executores dos crimes estão presos na carceragem do Batalhão de Choque, também em Salvador. Dois funcionários da prefeitura de Porto Seguro, também apontados como participantes dos homicídios, continuam foragidos.

Leia mais sobre Porto Seguro .

    Leia tudo sobre: crime

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG