Ex-representante do governo Yeda é achado morto no Distrito Federal

DISTRITO FEDERAL - Os bombeiros encontraram na manhã desta terça-feira o corpo do ex-chefe da Representação do governo do Rio Grande do Sul em Brasília, Marcelo Cavalcante, no Lago Paraná. Ele estava desaparecido desde sábado.

Agência Estado |

Cavalcante foi exonerado de seu cargo no governo do Estado em 7 de junho do ano passado, no auge da crise do Detran.

Cavalcante era acusado pela oposição de não encaminhar à governadora Yeda Crusius (PSDB) uma carta que havia recebido do empresário Lair Ferst, na qual o remetente se dizia alvo de pessoas corruptas.

O representante do Rio Grande do Sul em Brasília explicou, à época, que não levou o caso adiante porque Ferst não apresentou provas. Desde o final do ano passado Cavalcante trabalhava no gabinete do deputado federal Cláudio Diaz (PSDB).

Leia também:

Leia mais sobre: Yeda Crusius

    Leia tudo sobre: yeda crusius

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG