Ex-reitor da UnB volta como professor neste semestre, mas não é localizado

BRASÍLIA - Em seu primeiro dia de aula na Universidade de Brasília (UnB), o ex-reitor Timothy Mulholland não foi localizado no campus da instituição. Thimoty renunciou ao comando da UnB há onze meses, após uma série de denúncias de mal uso do dinheiro público, e retornou a universidade como professor do Instituto de Psicologia.

Carollina Andrade - Último Segundo/Santafé Idéias |

Segundo a grade horária do curso, Timothy teria sua primeira aula às 14h desta terça-feira. Entretanto, ninguém na universidade soube informar se o ex-reitor compareceu ou não a aula. Nem mesmo o departamento de Processos Psicológicos Básicos ¿ PPB, responsável pelas disciplinas de Pesquisa em Processo Cognitivos I e II a serem lecionadas por Timothy ¿ sabia dizer o paradeiro dele.

Os chefes da Coordenação de Psicologia e do departamento responsável pelas disciplinas de Timothy passaram o dia em reuniões, segundo a assessoria da UnB.

Nesta terça, o sistema de matrícula da universidade, disponível pela internet, não informa o endereço da sala em que Timothy daria aula. Segundo alunos do curso, o sistema disponibilizava as salas de todos os outros professores, menos a do ex-reitor. Durante todo o dia, a sala reservada para o professor preparar aulas e atender alunos também ficou fechada.

O Diretório Central dos Estudantes ¿ DCE, que havia preparado uma recepção ao professor, também não localizaram o ex-reitor. Ainda assim, está previsto para o próximo dia 3 de abril um ato lembrando um ano da ocupação de alunos da universidade à sala da reitoria, que culminou na renúncia de Mulholland.

As denúncias em trono do nome do ex-reitor se iniciaram no ano passado com a divulgação do valor da decoração do apartamento funcional ocupado por ele e por sua mulher. O valor de aproximadamente R$ 470 mil deveria ter sido aplicado em pesquisa cientifica, segundo o Ministério Público do Distrito Federal.

A volta do reitor à docência garante sua permanência no cargo e o recebimento do salário como professor, que pode chegar a mais de R$ 8 mil.

Leia mais sobre: Timothy Mulholland

    Leia tudo sobre: reitorunb

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG