O ex-promotor Igor Ferreira da Silva foi transferido no começo desta tarde do 40º Distrito Policial (DP), na Vila Santa Maria, zona norte de São Paulo. Segundo informações da Secretaria de Segurança Pública (SSP), ele deve seguir para a Penitenciária de Tremembé, no Vale do Paraíba.

O ex-promotor foi preso ontem de manhã no bairro Vila Carrão, na zona leste da capital paulista, após uma denúncia anônima.

AE
Igor Ferreira é visto em delegacia, após ser preso

Igor Ferreira é visto em delegacia, após ser preso



Igor estava sendo procurado pela polícia desde abril de 2001, quando foi condenado pelo assassinato de sua mulher, grávida de sete meses. Patrícia Aggio Longo, de 27 anos, foi morta na madrugada de 4 de junho de 1998, em Atibaia, interior de São Paulo. Ela foi assassinada com dois tiros na cabeça na estrada de um condomínio. Na época, ele alegou que fora surpreendido por um ladrão, que havia levado Patrícia como refém.

Ex-promotor é preso, após 8 anos foragido

Leia mais sobre: Igor Ferreira da Silva

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.