Ex-prefeito mata professora ao tentar atingir sucessor

A professora Cristiane Miranda Guimarães, de 38 anos, morreu hoje após ser atingida por um tiro na cabeça, na cidade de Areias, Vale do Paraíba, a 246 quilômetros de São Paulo. João Bosco Resende de Souza, ex-prefeito do município, é acusado do assassinato.

Agência Estado |

Ela foi levada à Santa Casa de Cruzeiro, mas faleceu após a retirada da bala.

Segundo testemunhas, o alvo era o atual prefeito José Antonio Fernandes (PSDB), que ficou ferido na perna. No momento do ataque, Fernandes fazia vistoria em obras de reforma em uma praça central da cidade. O prefeito foi levado para Queluz e passa bem.

O pedreiro José Rivelino Claro, de 49 anos, também foi atingido por um tiro na perna e ainda está internado na Santa Casa de Cruzeiro. A Polícia não tem nenhuma pista do paradeiro do ex-prefeito.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG