Ouro das Américas em Paris tem fotos de Sebastião Salgado - Brasil - iG" /

Exposição sobre Ouro das Américas em Paris tem fotos de Sebastião Salgado

Símbolo de poder, paradigma de riqueza, o ouro sempre despertou a ambição dos homens, e sua exploração marcou o destino do Novo Continente: o Museu Nacional de História Natural de Paris inaugura uma exposição para percorrer esta história, intitulada O ouro das Américas, que inclui as famosas fotografias de garimpeiros tiradas em Serra Pelada por Sebastião Salgado.

AFP |

A exposição, que ficará aberta ao público de 8 de abril a 11 de janeiro do ano que vem, tem seis salas temáticas, que vão do mineral na natureza até sua utilização atual na alta tecnologia.

Entre elas, o visitante explora a relação dos homens com o ouro, seu simbolismo nas civilizações pré-colombianas, seu papel nas conquistas e as sucessivas "febres do ouro" da história, com suas consequências sociais e ecológicas, ilustradas por diversos documentos, entre eles a impressionante série de imagens feita pelo fotógrafo Sebastião Salgado na região de Serra Pelada, no Pará, que nos anos 80 se tornou o maior garimpo a céu aberto do mundo.

A exposição conta a história e de que maneira o metal amarelo foi percebido e utilizado pela humanidade.

A sala "O ouro dos deuses" mostra uma centena de peças pré-colombianas, emprestadas principalmente pelo Museu do Ouro de Bogotá, pelo Banco Nacional equatoriano e pelo museu Herrera de Lima, algumas apresentada pela primeira vez na Europa.

"Nas civilizações pré-colombianas, o ouro tinha duas funções essenciais: era símbolo religioso e atributo de poder", afirma Frederik Canard, um dos organizadores da exposição.

mc/ap/sd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG