Mulheres voluptuosas encontradas em bares, quartos de hotel, paisagens urbanas: cerca de cem aquarelas assinadas por Bob Dylan estão em exibição numa galeria de Londres, onde nesta segunda-feira, cinco dias antes da abertura ao público, uma boa parte das obras já havia sido vendida.

A coleção intitulada "The Drawn Blank Series" permite vislumbrar "a alma e a imaginação de Dylan", explicou Paul Green, presidente da galeria Halcyon, situada no elegante bairro londrino de Mayfair.

As obras de cores vibrantes evocam temas e imagens que aparecem na música do artista de 67 anos e são uma espécie de "crôica das cidades em que Dylan tocou, de pessoas que conheceu em bares escuros, como o Red Lion Pub, de quartos e piscinas de hotéis, de paisagens que viu passar dentro de um três ou um ônibus", acrescentou. "É uma crônica de sua vida nas estradas".

ame/cn

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.