Exposição reunirá objetos pessoais de Michael Jackson em Londres

Londres, 24 ago (EFE).- O centro de eventos londrino O2, onde estava prevista a volta aos palcos de Michael Jackson, terá neste segundo semestre uma exposição de objetos pessoais do cantor, informou hoje a organização.

EFE |

Desde a morte do "rei do pop", há dois meses, semanas antes do início da série de 50 shows que ele deveria oferecer na capital britânica, o O2 se transformou em um lugar quase de culto, utilizado pelos fãs para honrar a memória do cantor.

Justamente por este motivo, os responsáveis do pavilhão e a organização Arts and Exhibitions International chegaram a um acordo com os dois administradores do patrimônio de Michael, o advogado John Branca e o diretor fonográfico John McClain, para levar a Londres parte dos objetos pessoais e profissionais do cantor.

Apesar de que ainda não haver detalhes da mostra, a organização afirma que trabalhará com a família e pessoas próximas ao cantor "para criar uma retrospectiva que reflita fielmente o talento e espírito" de Michael Jackson.

Londres foi o cenário do último grande comparecimento público de Michael, que foi à capital britânica em março para apresentar a série de 50 shows que deveriam reunir mais de 1 milhão de pessoas.

Três meses e meio depois, em 25 de junho, o "rei do pop" morreu em sua residência em Los Angeles (EUA), após aparentemente ter sofrido uma parada cardíaca. EFE avh/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG