Para a polícia, acidente é a principal hipótese para a morte de catador de material reciclável

selo

Um catador de material reciclável morreu na manhã desta terça-feira em Foz do Iguaçu (PR) ao ter o corpo dilacerado após a explosão de um objeto que provavelmente estava no carrinho que ele descarregava. Outro rapaz que estava no depósito sofreu ferimentos e permanece internado, mas ainda não tinha sido ouvido pela polícia.

"Não estamos tratando como homicídio, mas como acidente", disse o delegado Marcos Araguari. A necropsia do corpo, que não tinha sido identificado oficialmente, deve ser feita ainda nesta terça-feira. 

Os peritos recolheram alguns objetos no local e informalmente levantaram a hipótese de que a morte pode ter sido causada pela explosão de um extintor de incêndio. No rosto do morto ficou cravado um pedaço de metal pintado de vermelho. "Mas não descartamos que possa ter sido um artefato explosivo", disse o delegado.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.