Exonerada família de presidente da Assembléia do AM

Foi publicado no Diário Oficial portaria da Assembléia Legislativa do Amazonas exonerando a mulher e os três filhos do presidente da Assembléia, Belarmino Lins (PMDB). Luciana Maria Monteiro Lins de Albuquerque, mulher de Belarmino, e os filhos Alfredo Monteiro Lins de Albuquerque, Marcus Vinícius Monteiro Lins de Albuquerque e George Augusto Monteiro Lins de Albuquerque ocupavam cargos comissionados com salários que chegavam a R$ 9,6 mil mensais.

Agência Estado |

Um quarto filho do deputado, Victor Vinícius Lins de Albuquerque, ocupava o cargo de assessor de diretoria, com salário de R$ 15 mil.

Na semana passada, o deputado criou polêmica ao ser reeleito à presidência da Assembléia declarando-se "tranqüilo" por empregar a família, já que o "nepotismo não é crime". Belarmino no ano passado também empregava sua mãe para, em suas palavras, lhe "aconselhar". A exoneração foi aconselhada como "profilática", para não prejudicar a campanha do candidato à prefeitura apoiado por Belarmino, o atual vice-governador Omar Aziz (PMN).

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG