Ex-mulher de Nicolas Cage processa ator e pede US$ 13 milhões

LOS ANGELES ¿ A atriz Christina Fulton, ex-mulher de Nicolas Cage, com quem tem um filho, denunciou hoje o ator à Justiça de Los Angeles e pede US$ 13 milhões (R$ 22,6 milhões) por fraude e descumprimento de contrato, informou a revista People.

EFE |

Segundo os documentos judiciais, Fulton, de 42 anos, afirmou que havia feito um acordo com Cage quando os dois se separaram de que ele lhe daria uma casa onde criaria seu filho, agora com 18 anos.

No entanto, a atriz diz que o vencedor do Oscar de Melhor Ator por "Despedida em Las Vegas" (1995) lhe enviou uma carta em setembro informando-lhe que ela tinha dois meses para desocupar o imóvel.

Cage passa por sérios problemas financeiros que fizeram com que um banco lhe tomasse em novembro duas residências avaliadas em US$ 6,8 milhões (R$ 11,8 milhões) que possuía em Nova Orleans.

O ator culpa por suas perdas o ex-administrador de seus bens, Samuel Levin, a quem denunciou em outubro por má gestão. Levin se defendeu, classificando Cage como "esbanjador", e lhe exigiu US$ 129 mil dólares por salários atrasados.

Fulton, por sua vez, alega que por culpa das dívidas de Cage, ela deve agora US$ 1 milhão em impostos e US$ 250 mil em compras com cartões de crédito.

    Leia tudo sobre: nicolas cage

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG