Existência de favelas é maior nos municípios mais populosos, diz IBGE

RIO DE JANEIRO - O Munic 2008, levantamento do IBGE que mapeou os municípios brasileiros em diversos temas, divulgado nesta sexta-feira, revela que um terço dos 5.564 municípios brasileiros declarou presença de favelas ¿ou assemelhados¿ dentro de seu território. As regiões Norte e Sul apresentam as proporções mais elevadas de ocorrência de favelas, seguidas pelo Nordeste, Sudeste e Centro-Oeste. A pesquisa foi divulgada no Rio de Janeiro, às 10h.

Redação |

Acordo Ortográfico

Os técnicos do IBGE afirmam que a Munic deste ano confirmou a incidência de favelas nos municípios de mais populosos. O percentual de municípios que relataram existência de favelas salta de 27,7%, naqueles com até 50 mil habitantes, para 70,8% dos 319 que têm entre 50 mil e 100 mil habitantes, chegando a 84,7% dos 229 municípios com entre 100 e 500 mil habitantes.

A pesquisa também revelou que, em 2008, 80% das cidades do País possuíam cadastro de famílias interessadas em programas de habitação e este percentual é crescente desde 2001, diz o IBGE, que pesquisa o assunto deste aquele ano. Em 2001, revela o instituto, o percentual de municípios com tal cadastro era de 56,2%.

Quanto às ações no setor de habitação, o estudo mostrou que 80,2% das prefeituras brasileiras disseram ter executado, nos últimos 24 meses, algum tipo de ação no setor da habitação. Essas proporções variaram quando examinadas do ponto de vista regional: nas regiões Nordeste e Centro-Oeste, são encontradas, em 2008, as mais elevadas proporções de municípios com programa em habitação (85,9% e 90,8% respectivamente).

Nos Estados, a proporção de municípios com programas e ações de habitação varia bastante, tendo o Amapá o menor percentual (37,5%) e Tocantins, o maior (97,8%). No Munic de 2005, o menor percentual era o de Rondônia (42,3%) e o maior ficava com Sergipe (85,3%).

A pesquisa constatou ainda que, no País, as ações implementadas são em sua maioria de construção de unidades residenciais (em 75,7% dos que disseram fazer as ações), melhoria das unidades habitacionais (58%) e oferta de material de construção (44,5%).

Leia mais sobre: Munic 2008 - habitação

    Leia tudo sobre: favelamunic 2008municípios

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG