Ex-guerrilheira bate carro e é internada em estado grave no Rio

A ex-guerrilheira e atual ouvidora da Petrobras Maria Augusta Carneiro, de 62 anos, está internada em estado grave no Hospital Copa D or, em Copacabana (zona sul do Rio), em razão de um acidente de carro sofrido em Búzios, Região dos Lagos, no último sábado.

Agência Estado |

Guta, como é conhecida a socióloga, foi a única mulher entre os guerrilheiros da Ação Libertadora Nacional (ALN) trocados pelo embaixador americano sequestrado Charles Elbrick, em 1969. Está na Petrobras desde 2003.

Amigos da ex-guerrilheira, como ex-ministro José Dirceu (Casa Civil) e Frei Beto (ex-assessor especial do presidente Lula), fizeram apelos na internet, por meio de blogs e e-mails, para que "companheiros e companheiras cariocas que puderem, por favor" doem sangue para Guta.

Por meio de nota, a assessoria de imprensa do Copa D' or informou que a socióloga teria desmaiado ao volante e batido de carro em um muro a 300 metros de sua casa, em Búzios. Ela foi submetida a três cirurgias para retirar o baço e suturar o estômago e o fígado ainda em Búzios. Domingo, foi transferida para o Copa D' or de helicóptero em "estado muito grave e instável".

Segundo a nota, "além dos traumas ocorridos no acidente, o líquido pancreático vazou e corroeu parte do estômago e intestino. Essas partes lesadas desses órgãos tiveram que ser removidas. Parte do pâncreas também foi retirada. Ela apresenta falência grave do fígado, pâncreas, intestino e rins e está em diálise, ventilação mecânica, sedada, analgesiada".

Leia mais sobre: acidente

    Leia tudo sobre: acidente

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG