Exército montará hospital entre Itajaí e Ilhota-SC

O Hospital de Campanha, disponibilizado pelo Ministério da Saúde e pela Defesa para socorrer as vítimas das chuvas em Santa Catarina, será instalado entre o trevo dos municípios de Itajaí e Ilhota. Foi o que anunciou a secretária de Estado da Saúde do Estado, Carmen Zanotto.

Agência Estado |

A estrutura do hospital é composta por cerca de 50 profissionais de saúde, que deverão atender a população a partir de sábado. Segundo a Defesa Civil, as chuvas já deixaram 99 mortos no Estado. O órgão chegou a divulgar 101 vítimas fatais, porém, corrigiu a informação.

Santa Catarina também está recebendo médicos, enfermeiros e socorristas voluntários vindos de todo o País. A Polícia Rodoviária Federal (PRF) enviou 30 médicos para a cidade de Navegantes. Grupos hospitalares, organizações não-governamentais (ONGs) e indústrias farmacêuticas de vários Estados colocaram suas equipes e estruturas à disposição da população catarinense. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), que já conta com 200 profissionais nas áreas mais afetadas, está recebendo voluntários dos Samus inclusive de Estados distantes, como a Bahia.

O Ministério da Saúde, que nas primeiras horas da enchente enviou a Santa Catarina dois técnicos especializados em situações de desastres, já encaminhou ao Estado dez toneladas de medicamentos e insumos. O material chegou hoje no aeroporto de Navegantes. Além destes kits, também serão enviados insumos extras, como soro antiofídico, imunoglobulina antitetânica e 100 mil frascos de hipoclorito de sódio 2,5%, para a limpeza da água.

Estradas

Dezessete estradas federais e estaduais de Santa Catarina permanecem bloqueadas em razão de queda de barreiras ou deslizamentos de terra. À tarde, chegou a ser cogitada a liberação de meia pista da BR-101, no quilômetro 235, em Palhoça, mas novas chuvas adiaram os planos. Desde o sábado, a queda de uma rocha impede a circulação no trecho e cerca de 750 caminhões estão parados nas duas pontas da estrada. A BR-101 atravessa o litoral catarinense e leva ao Rio Grande do Sul.

A BR-270 reúne dez pontos de interdição, passando por Navegantes, Gaspar, Blumenau e Rodeio. Há o bloqueio total de tráfego apenas na altura do quilômetro 41 da via, em Gaspar, por conta do desmoronamento da pista. Na BR-282, barreiras cederam nos quilômetros 31 e 79, de Águas Mornas até Rancho Queimado.

Entre as 14 estaduais afetadas, a SC-470 apresenta a situação mais complicada e continua sem condições de receber caminhões em toda a sua extensão, entre Itajaí e Blumenau. A SC-415 foi liberada na altura do quilômetro 15,5, na divisa entre Garuva, em Santa Catarina, e Guaratuba, no Paraná. A remoção do entulho na SC-474 também permitiu a desinterdição do quilômetro 53, entre Massaranduba e Blumenau.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG