Exercícios podem ajudar a eliminar sintomas da gripe comum, diz médico

De acordo com estudos divulgados pelo American College of Sports Medicine, a prática de esportes é capaz de eliminar em até dois dias os sintomas de um resfriado, já que estimula as células do sistema imunológico que combatem infecções. O médico João Geraldo Simões Houly, pneumologista e chefe da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Santa Paula, de São Paulo, concorda com a recomendação de que o melhor a fazer é vestir roupa leve, tênis confortável e correr para a academia.

Agência Estado |

"Os exercícios físicos, quando realizados de forma moderada, podem reduzir consideravelmente os sintomas relacionados a resfriados e auxiliar na recuperação da gripe." Para saber se há um resfriado instalado, Houly ensina a 'regra do pescoço'. "Dores leves na região da cabeça e nuca, irritação na garganta e obstrução nasal são comuns em resfriados. Assim que esses sintomas aparecem, não é necessário interromper os exercícios físicos."

Mas atenção: a atividade física não é recomendada quando o paciente apresenta febre alta, fraqueza, dores no peito e nas juntas. "Se não tratada adequadamente, a gripe pode evoluir e ser um fator facilitador de infecções mais graves, como pneumonia, infecção nos ouvidos, sinusite, amidalite, e ainda agravar crises de asma", alerta Houly.

Contraponto

Páblius Staduto Braga da Silva, médico do Esporte do Hospital 9 de Julho, também na capital paulista, aconselha deixar a academia até para os casos de uma congestão nasal. "O corpo está consumindo energia para combater a virose, fora o que já gasta para manter o metabolismo normal. Quando há um quadro gripal, esse gasto energético aumenta." Para ele, uma carga de exercício, mesmo leve, vai tirar a energia que iria para criar defesas do organismo e pode aumentar a vulnerabilidade do corpo.

AE

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG