Executivo brasileiro é encontrado morto em Moçambique

A causa da morte não foi esclarecida. Investigações policiais devem ser concluídas nos próximos dias

AE |

selo

O superintendente do Grupo Andrade Gutierrez em Moçambique, Marcelo Elísio de Andrade, de 57 anos, foi encontrado morto sábado (26) pela manhã em sua casa em Maputo, capital do país africano. Em nota, a empresa informa que vem acompanhando as investigações da polícia local e que está tomando "todas as providências junto às autoridades locais". A causa da morte não foi esclarecida.

Segundo a Andrade Gutierrez, as investigações devem ser concluídas nos próximos dias. O corpo do executivo deve ser liberado ainda neste domingo e deve chegar segunda-feira ao Brasil. Marcelo Elísio de Andrade atuava desde 2009 na sede da empresa em Moçambique.

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG