Executado sobrinho de dona de casa morta em Taubaté

O estudante Luiz Guilherme Gil, de 13 anos, foi assassinado ontem com um tiro no peito na cidade paulista de Taubaté, no Vale do Paraíba. A vítima é sobrinho da dona de casa Selma Gil Lange, assassinada no dia 12 do mês passado na frente dos filhos, quando levava as crianças de carro para a escola, também em Taubaté.

Agência Estado |

O delegado Marcelo Duarte disse que as investigações são sigilosas e por isso não deu detalhes.

O estudante saiu de casa a pé com um amigo, como fazia todos os dias, e ao atravessar a rua foi atingido com o disparo. Dois homens que aguardavam o adolescente na esquina passaram de moto e deram dois tiros. Um deles atingiu um muro e o outro, perfurou o tórax do estudante. Testemunhas viram quando os dois homens se aproximaram para matar Luiz Guilherme e relataram os fatos à polícia.

O pai do adolescente, José Gil Lange, está inconformado. A família dele vem recebendo ameaças há dois anos e teme pela morte de outros integrantes. "Quem está fazendo isso tem a mente doente. Não dá pra entender um negócio como esse. É assustador", disse. A família da dona de casa Selma do Carmo Gil Lange chegou a fazer um ato pela paz uma semana depois do assassinato dela.

No dia 12 de maio, a dona de casa levava os filhos para a escola quando seu carro foi fechado por uma moto. Dois homens dispararam três tiros contra ela. Por sorte, os filhos de 16 e 9 anos não se feriram. Segundo a família, foram registrados pelo menos 25 boletins de ocorrências neste período com relatos de explosões e tiros contra as casas e carros dos familiares de Selma Gil Lange.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG