Ex-dirigente da Petrobras é eleito para presidir PT

Por Carmen Munari SÃO PAULO, 25 de novembro (Reuters) - José Eduardo Dutra, ex-dirigente da Petrobras e da BR Distribuidora, está eleito para a presidência do Partido dos Trabalhadores em primeiro turno. Candidato do presidente Luiz Inácio Lula da Silva nas eleições internas realizadas no domingo, Dutra vai comandar a legenda na campanha de 2010.

Reuters |

O atual presidente do PT, deputado Ricardo Berzoini (SP), oficializa o resultado na tarde desta quarta-feira em Brasília, provavelmente ao lado de Dutra.

Computados quase 70 por cento dos votos (68,26 por cento) dos filiados ao partido, Dutra tem 58,1 por cento, ou 200 mil votos. Para vencer no primeiro turno é preciso ter mais de 50 por cento dos votos.

Ele representa as correntes Construindo um Novo Brasil, majoritária, e também duas outras tendências ligadas à ex-prefeita de São Paulo Marta Suplicy (PT de Luta e de Massas e Novos Rumos), todas moderadas.

Em entrevista à Reuters dada antes do resultado, Dutra disse que sua principal missão será articular as alianças para a campanha da ministra Dilma Rousseff (Casa Civil) à Presidência da República.

O alvo, disse, são as 15 legendas que apoiam o governo Lula, mas que não necessariamente estarão ao lado da pré-candidata. De forma imediata, ele afirmou que a nova direção deve enfrentar as resistências do PT à aliança com o PMDB nas eleições para governadores nos Estados.

Em segundo lugar na eleição do PT vem o deputado José Eduardo Cardozo (SP) com 17,2 por cento, da Mensagem ao Partido e Democracia Socialista, apoiado pelo ministro Tarso Genro (Justiça).

Na sequência ficaram os deputados Geraldo Magela (Movimento PT), com 12,5 por cento, e Iriny Lopes (Articulação de Esquerda e Militância Socialista), com 10,4 por cento. Markus Sokol (O Trabalho) tem 0,9 por cento e Serge Goulart (Esquerda Marxista), 0,8 por cento.

A posse está agendada para fevereiro. As eleições renovam também os diretórios estaduais e municipais para um mandato de dois anos.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG