Ex-diretor Agaciel faz livro da história do Senado

Exatos dois meses depois de deixar a diretoria-geral do Senado, cargo que ocupou por 14 anos, Agaciel Maia voltou a circular nesta semana com desenvoltura pelos corredores da Casa. Sempre risonho e afável, o ex-poderoso diretor do Senado agora diz dedicar-se apenas à produção de um dicionário biográfico dos 1.

Agência Estado |

308 parlamentares que já passaram pelo Senado, cujo primeiro dos seis volumes deverá ser publicado em julho. Ele foi exonerado do cargo em março, suspeito de omitir a propriedade de uma casa de R$ 5 milhões.

Bem humorado, ele resumiu seu inferno astral: “Estou sofrendo mais que passarinho na mão de menino”. Lotado no Instituto Legislativo Brasileiro (ILB), Agaciel foi efusivamente cumprimentado por uma dezena de servidores nos cerca de 500 metros que percorreu entre seu gabinete e a biblioteca. “Venho fazer as pesquisas perto da hora do almoço para passar despercebido”, disse. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo .

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG