O cônsul geral dos Estados Unidos, Dennis Hearne, subiu hoje pela primeira vez um morro carioca depois que assumiu o consulado do Rio, em agosto. A visita foi ao Santa Marta, em Botafogo, na zona sul do Rio, ocupado pela Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) desde dezembro de 2008.

"Estou bem impressionado. É um trabalho íntegro, inteligente e voltado para o social e para a comunidade", disse Hearne.

Acompanhado pelo secretário de Segurança Pública do Rio, José Mariano Beltrame, o cônsul chegou à parte alta da favela pela manhã. Ele visitou projetos sociais e andou pelas vielas orientado pela comandante da UPP, a capitã Priscila de Azevedo. Durante todo o trajeto, Hearne foi escoltado por um esquema de segurança, que incluiu agentes estrangeiros, brasileiros e policiais militares.

Experiência no Afeganistão

O posto anterior do cônsul foi como conselheiro político do comandante-geral das forças militares dos Estados Unidos e aliados no leste do Afeganistão. O diplomata evitou comparações entre as duas realidades e descartou a aplicação do modelo de policiamento adotado no morro carioca no Afeganistão.

"São lugares diferentes. Não faço nenhuma comparação com os dois e quero que isto fique claro. A única coisa em comum é que o projeto de trazer segurança e uma vida melhor para a população é parecido com o trabalho que a comunidade internacional está fazendo no Afeganistão", declarou diplomaticamente.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.