O senador Magno Malta (PR-ES) deixou hoje o Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, onde estava internado desde sábado com suspeita de dengue, motivada por um quadro clínico de febre, dor muscular e intenso mal estar. No entanto, segundo o hospital, os exames iniciais para o diagnóstico da doença, realizados hoje, apresentaram sorologia negativa.

O sírio-libanês informou, em nota, que o parlamentar fará acompanhamento ambulatorial pós-alta.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.