Exame de DNA identifica estuprador em Florianópolis

Laudo identificou que material genético encontrado em vítima de estupro cometido no início do ano era de suspeito preso

AE |

selo

A Polícia Civil de Santa Catarina confirmou por intermédio do exame de DNA o autor de um estupro cometido no início deste ano na Lagoa da Conceição, em Florianópolis. O laudo identificou que o material genético encontrado na vítima era de Gledson dos Santos Gonçalves. Ele foi preso em junho e ficou conhecido como 'tarado da lagoa'. 

Gonçalves percorria áreas residenciais no entorno da lagoa, desde 2010, e cometia abusos sexuais. Segundo as investigações, ele procurava entrar em casas que tinham portas ou janelas destrancadas, evitando a necessidade de arrombamento. 

O crime que ajudou a identificar o suspeito ocorreu em fevereiro. Na ocasião, a vítima foi amarrada na cama. No dia 11 de junho, houve nova tentativa de estupro contra outra mulher, que reagiu e foi espancada. Gonçalves foi preso no dia 18 de junho, quando saía do condomínio onde morava, na capital catarinense.

    Leia tudo sobre: estuprodnaflorianópolis

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG