Seis meses depois de ter caído em desgraça por dizer que grandes partidos se financiam de órgãos públicos e estatais do Rio Grande do Sul, o ex-chefe da Casa Civil Cézar Busatto (PPS) foi nomeado ontem secretário especial de Inovação e Estratégia de Canoas. O prefeito da cidade é Jairo Jorge, do PT, partido do qual Busatto era adversário histórico.

No ano passado, na Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Departamento Estadual de Trânsito (Detran), a frase de Busatto, gravada pelo vice-governador Paulo Feijó (DEM), deu combustível para a oposição, liderada pelo PT, fustigar a governadora Yeda Crusius. O caso levou Yeda a demitir 4 secretários num só dia, entre ele o próprio Busatto. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.