segunda fase do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2). " / segunda fase do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2). " /

Evento do PAC vira festa de despedida de Dilma e atrai oposição

BRASÍLIA - A menos de uma semana para deixar o cargo de ministra-chefe da Casa Civil, a pré-candidata do PT à Presidência, Dilma Rousseff, reuniu nesta segunda-feira governadores e prefeitos da oposição, os principais ministros, além do próprio presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em evento de lançamento do http://ultimosegundo.ig.com.br/brasil/2010/03/29/pac+2+preve+investimentos+de+r9589+bi+de+2011+a+2014+9442806.htmlsegunda fase do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2).

Andréia Sadi e Nara Alves, iG Brasília |

O PAC 2 mira o eleitor das grandes cidades, apresenta um pacote de verbas para saúde e educação e faz promessas de cunho "municipalista", como construir 6 mil creches e postos de polícia comunitária.

O megaevento de lançamento aconteceu no espaço Brasil 21, em Brasília, mesmo local escolhido pelo PSDB para lançar a candidatura do governador de São Paulo, José Serra.

Preparada para impulsionar a candidatura de Dilma Rousseff à Presidência, a segunda etapa do PAC terá seis áreas principiais, com forte apelo social, característica que não estava presente na primeira versão do PAC: Cidade Melhor; Comunidade Cidadã; Minha Casa, Minha Vida; Água e Luz para Todos; Transportes e Energia. 

Divulgação
Lula entre o vice José Alencar e o possível vice na chapa de Dilma, Michel Temer

"Herança bendita"

Durante o lançamento, Dilma afirmou que o PAC é uma "herança bendita" para o sucessor do presidente Lula. "O PAC é uma herança bendita que vamos deixar para quem venha suceder o nosso governo".

A declaração faz referência à acusação do próprio Lula, no início de seu primeiro mandato, de que o PSDB havia deixado uma "herança maldita" à recém-eleita administração petista. "Nenhum outro governo estabeleceu uma relação mais produtiva com os Estados e municípios nas últimas décadas como o governo do presidente Lula. O PAC foi fundamental para isso", disse a ministra.

O programa prevê um total de investimentos de R$ 958,9 bilhões no período de 2011 a 2014. Segundo o governo, após 2014 os investimentos chegariam a R$ 631,6 bilhões, elevando o total do PAC-2 para R$ 1,59 trilhão .

Elogio a Dilma

Ao destacar a atenção dada às cidades na segunda fase do PAC, o prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes (PMDB), fez uma série de elogios à Dilma Rousseff . O prefeito elogiou a "capacidade de diálogo e gerenciamento" de Dilma, disse que ela agora vai "partir para novas missões", referindo-se à candidatura à Presidência, e ressaltou que o sucesso da ministra no PAC I inaugurou uma nova forma de "continuidade" da política pública no Brasil.

O evento do PAC contou com a presença de políticos aliados e da oposição. Entre os presentes, estavam os ministros Franklin Martins, Guido Mantega e Nelson Jobim.

(*com informações da Reuters e Agência Estado)

Leia também:

Leia mais sobre PAC

    Leia tudo sobre: pac

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG