EUA recomendam sentença de 3 anos para ator Wesley Snipes

WASHINGTON (Reuters) - O ator norte-americano Wesley Snipes deveria cumprir uma pena máxima de 3 anos e pagar uma multa de 5 milhões de dólares por não ter declarado seu imposto de renda, recomendaram promotores dos Estados Unidos. Fazer de Snipes um exemplo, por seu ousado desrespeito às leis tributárias norte-americanas, que resultou em uma sonegação de 41 milhões de dólares, ajudaria a intimidar outros sonegadores, segundo documento escrito pelo procurador norte-americano Robert ONeill, da Flórida.

Reuters |

O documento foi apresentado à Justiça na segunda-feira e publicado na terça-feira, no prazo anual para o registro do imposto de renda norte-americano.

'Este caso clama pela pena prisional máxima estatutária, assim como uma multa substancial, por causa da seriedade dos crimes de Snipes e por causa da oportunidade singular que este caso apresenta para impedir sonegações de impostos no país todo', escreveu O'Neill.

Snipes, que estrelou a série de filmes 'Blade, O Caçador de Vampiros', foi condenado em fevereiro por três crimes de contravenção por deixar de declarar intencionalmente seus impostos no período entre 1999 e 2001. Cada um requer uma pena máxima de 1 ano. Snipes foi inocentado de duas acusações de crimes por declarações falsas e por fraude ao tentar reembolsos de milhões de dólares em outros anos.

(Reportagem de Randall Mikkelsen)

    Leia tudo sobre: wesley snipes

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG