EUA buscam aval para potencial venda de caças ao Brasil

WASHINGTON (Reuters) - O Pentágono ofereceu uma frota de F-18 Super Hornets da Boeing, avaliada em cerca de 7 bilhões de dólares, para o programa da Aeronáutica brasileira para a próxima geração de caças, afirmou nesta sexta-feira a Agência de Cooperação em Segurança Nacional dos Estados Unidos. A agência do Pentágono disse ter notificado o Congresso de uma possível venda militar para o Brasil. Seriam 28 F-18E Super Hornets, oito F-18F Super Hornets, 72 motores instalados feitos pela General Electric e partes avulsas.

Reuters |

Ofertas finais foram enviadas em junho para o Ministério da Defesa do Brasil pela sueca Saab e a francesa Dassault Aviation, que ao lado da Boeing são as finalistas do programa F-X2 . A decisão final deve sair entre agosto e setembro.

De acordo com a lei norte-americana, o Pentágono é obrigado a notificar o Congresso sobre possíveis vendas de armamento a outros governos, mas o aviso não significa que uma transação tenha sido concluída.

"O governo do Brasil ainda não escolheu a proposta da Marinha norte-americana e da Boeing", afirmou a agência em um comunicado. "Essa notificação está sendo feita com antecedência para que, caso a proposta seja escolhida, os Estados Unidos possam agir o mais rápido possível para concretizar a venda".

A Aeronáutica brasileira quer renovar sua frota ao longo dos próximos 15 anos em meio à iniciativa do governo de reforçar a infraestrutura de defesa para proteger a produção costeira de petróleo e outros recursos estratégicos.

Alguns especialistas dizem que o pedido brasileiro pode chegar a mais de 100 aeronaves.

Segundo a agência do Pentágono, a oferta de 7 bilhões de dólares também inclui:

* 36 sistemas de radar AN/APG-79

* 36 sistemas de tiro M61A2 20mm

* 36 alertas de radar AN/ALR-67(V)3

* 144 lançadores LAU-127

* 44 capacetes Joint Helmet Mounted Cueing Systems

* 28 mísseis avançados ar-ar de médio alcance AIM-120C-7

* 28 mísseis AIM-9M Sidewinder

* 60 munições GBU-31/32

* 36 armas de precisão de longo alcance AGM-154

* 10 mísseis AGM-88B HARM

* 36 sistemas de mira infravermelha AN/ASQ-228 (V2)

* 36 sistemas de radiofrequência AN/ALQ-214

* 40 sistemas AN/ALE-47

* 112 AN/ALE-50 Towed Decoys

(Reportagem de Julie Vorman)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG