Etiqueta classifica veículos novos por consumo de combustível

São Paulo - A partir de desta sexta-feira (17), os carros zero quilômetro de cinco montadoras já saem da fábrica com um selo que classifica o nível de consumo de combustível de cada veiculo. Semelhante aos selos indicadores de consumo de energia das geladeiras, o selo classifica os carros em cinco níveis, sendo A o que menos consome e E o que mais consome.

Agência Brasil |

A nova etiqueta faz parte do Programa Brasileiro de Etiquetagem Veicular (PBE), coordenado pelo Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial (Inmetro) com parceria da Petrobras.

A medição de consumo dos novos carros será realizado a cada ano entre os meses de agosto e outubro; apenas os veículos produzidos a partir de 2009 serão identificados, desde que a montadora responsável por sua fabricação faça a adesão, voluntária, ao programa.

Todos ganhamos com este selo: a sociedade, que ganha uma cidade mais limpa e menos poluída, o consumidor, que passa a adquirir um produto melhor e as empresas, que, apesar dos investimentos iniciais, desenvolvem sua tecnologia, disse João Jornada, presidente do Inmetro, durante a cerimônia de lançamento da etiqueta na Fiesp, em São Paulo.

Segundo ele, o consumidor brasileiro tem consciência dos seus direitos e deveres e usará a etiqueta como parâmetro antes de comprar um carro, criando assim uma nova regra de mercado. Aos poucos todas as montadoras participarão do programa para competir não apenas no mercado interno como para os consumidores estrangeiros que comprem nossos carros, disse.

Países como os Estados Unidos, Japão, a Austrália, China, o Canadá, a Cingapura e os da União Européia também adotaram a etiquetagem veicular. Para consultar a tabela que informa a classificação de consumo do automóvel, basta acessar o endereço eletrônico do Conpet .

    Leia tudo sobre: minc

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG