SÃO PAULO ¿ A assessoria da Santa Casa de Limeira informou nesta quarta-feira que o homem esfaqueado dentro da unidade, no último domingo, passou por uma cirurgia e seu quadro é estável. O hospital abriu uma sindicância para apurar o caso.

Acordo Ortográfico

A vítima foi atacada por um homem que tentou vingar a agressão sofrida pela filha, de oito anos. A menina foi violentada em janeiro. O agressor teria dito ao pai que não se arrependia do estupro e que faria tudo novamente.

O pai entrou na ala do pronto-socorro onde estava o estuprador com a ajuda da esposa. Ela teria distraído o policial que fazia a escolta do paciente. Segundo a unidade, o homem pode ter entrado na unidade fingindo ser um hospitalizado ou um visitante. Ele se apresentou à polícia e irá responder por tentativa de homicídio em liberdade.

O agressor foi internado na Santa Casa após ser agredido por membros de uma gangue da qual ele faz parte. O homem foi encontrado sem roupas em um canavial de Limeira e com diversas escoriações pelo corpo. Segundo a polícia, ele teria uma dívida de R$ 2 mil com os outros criminosos. O agressor já cumpriu pena por roubo e estava foragido.

Leia mais sobre: estupro

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.