Estudo mostra que modelos brasileiras estão desnutridas

As modelos profissionais brasileiras estão desnutridas e com falta de músculos. Foi o que revelou um estudo divulgado hoje pelo setor de nutrologia do Hospital do Coração (HCor) de São Paulo.

Agência Estado |

Foram avaliados os hábitos nutricionais e o metabolismo de 26 profissionais, de 14 a 24 anos, por dois meses. As modelos foram submetidas a avaliação médica, exames de composição corpórea (peso, altura, IMC - Índice de Massa Corporal) e gasto metabólico.

Segundo o cardiologista e nutrólogo do HCor Daniel Magnoni, todas as modelos avaliadas disseram ter conhecimento da necessidade de fazer dietas e exercícios para manterem o peso, mas somente 30% fazem dietas e 30% praticam atividades físicas. "Elas reconhecem a importância da dieta elaborada por profissionais e a importância da atividade física, mas preferem passar fome a mudarem hábitos de vida", destacou. O estudo também apontou que as modelos praticantes de atividades físicas têm um gasto energético maior e mais facilidade em emagrecer. "As que não praticam têm um gasto metabólico mais lento. Por isso, se alimentam menos para não engordar", afirma Magnoni.

Todas as modelos afirmaram estarem mais magras do que realmente eram - 78% delas revelaram ainda que gostariam de pesar de 5% a 10% a menos. A estatura verificada também foi 5% inferior que o relatado pelas meninas. O estudo ainda verificou que as modelos possuem IMC baixo - entre 15 a 20 quilogramas por metro quadrado, enquanto o recomendado é acima de 20. Magnoni informou que o baixo IMC é decorrente de uma má nutrição. "Elas são mal nutridas em músculos e nutrientes, principalmente em massa muscular.

"Constatamos, também, que as modelos possuem grande ingestão de proteínas e pouca ingestão de frutas, o que gera graves problemas intestinais e metabólicos, além de fraquezas e cansaço crônico", explicou Magnoni. De acordo com a assessoria do HCor, serão elaboradas dietas e atividades físicas para o grupo de modelos, e, após seis meses, elas irão retornar às consultas para refazerem as avaliações.

    Leia tudo sobre: modelos

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG