Estudo indica que ponte de safena dura mais que angioplastia

Em uma pesquisa apresentada ontem na reunião da Sociedade Européia de Cardiologia, na Alemanha, especialistas concluíram que, embora a ponte de safena e a angioplastia ofereçam resultados similares para pacientes com artérias obstruídas, os que fazem angioplastias têm o dobro de risco de precisarem de outro procedimento cirúrgico em um ano. Se você não quiser ser operado novamente por pelo menos uma década, você deve escolher a cirurgia, disse Heinz Drexel, professor de medicina da Universidade de Innsbruck, na Áustria, e porta-voz da Sociedade.

Agência Estado |

Quando as artérias são bloqueadas, médicos têm duas opções principais. Tradicionalmente eles têm feito uma cirurgia de ponte de safena, que redireciona o sangue que vem das veias para um ponto além do bloqueio arterial.

Mas em anos recentes, angioplastias têm se tornado cada vez mais populares. Isso porque ela é um procedimento não cirúrgico em que um balão é inserido na artéria bloqueada para alargar a passagem do local bloqueado, deixando um stent, que mantém a artéria desbloqueada.

Nos resultados do estudo anunciados ontem, os médicos compararam os resultados das cirurgias e das angioplastias em uma análise de mais de três mil pacientes na Europa e nos Estados Unidos. Eles excluíram pacientes que tiveram ataques cardíacos agudos e incluíram aqueles que tiveram bloqueios únicos ou múltiplos.

Cerca de um terço dos pacientes tinham condições médicas que necessitavam de cirurgia. O restante deles eram destinados a receber tanto a cirurgia quanto a angioplastia. Os pacientes que passaram por uma angioplastia precisaram de cerca de cinco stents.

Após um ano, pesquisadores descobriram que a taxa de mortalidade entre os dois grupos era a mesma: 7,7% entre os pacientes de cirurgia e 7,6% dos de angioplastia. Em pacientes que passaram pela angioplastia, cerca de 14% precisaram de outro procedimento, comparados a 6% dos pacientes de cirurgia.

"Essa ainda é uma decisão que deve ser tomada após uma conversa entre médicos e pacientes", disse Douglas Weaver, lembrando que o tempo de recuperação da ponte de safena, cirurgia de cinco horas e anestesia geral, é de pelo menos um mês, enquanto a da angioplastia chega a ser de apenas três dias.

AE/AP

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG