Estudo descobre em ouriço substância para desenvolver antibiótico

Cientistas da Universidade Católica de Brasília (UCB) descobriram no ouriço-do-mar uma substância com a qual pretendem desenvolver um antibiótico para ajudar no combate a infecções hospitalares. Uma proteína dos animais eliminou com mais eficiência bactérias como Escherichia coli e salmonela.

Agência Estado |

Há 15 anos trabalhando com antibióticos, o pesquisador Octávio Franco, do Centro de Ciências Genômicas e Biotecnologia da UCB, coordena dois projetos que buscam controlar doenças por meio de compostos extraídos de animais marinhos. Das 30 espécies analisadas, o ouriço-do-mar se mostrou mais eficiente. “Foi um sucesso porque descobrimos uma coisa nova num organismo tipicamente nacional”, disse. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

AE

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG