Estudantes decidem manter ocupação da reitoria da UnB

Os estudantes que ocupam o prédio da reitoria da Universidade de Brasília (UnB) decidiram hoje, em assembléia, permanecer no local por tempo indeterminado. Na sexta-feira, a juíza federal Cristiane Pederzolli concedeu a reintegração de posse do prédio, invadido desde o dia 3 por estudantes que reivindicam a saída do reitor Timothy Mulholland.

Agência Estado |

As informações são da Secretaria da Comunicação (Secom) da UnB.

A Polícia Federal deve continuar negociando a desocupação com os estudantes. O reitor é acusado de se beneficiar de verbas da Fundação de Empreendimentos Científicos e Tecnológicos (Finatec) usadas para comprar móveis e equipamentos de luxo para seu apartamento funcional. De acordo com determinação judicial, o Diretório Central dos Estudantes da UnB terá de pagar multa de R$ 5 mil a cada hora que os manifestantes permanecerem na reitoria, contadas a partir das 15h de hoje.

Hoje o reitor prometeu atender algumas das reivindicações dos manifestantes. A reitoria divulgou termo de compromisso de Timothy Mulholland se comprometendo, entre outras coisas, a construir uma nova Casa do Estudante Universitário e a convocar o Conselho de Administração (CAD) para quinta-feira, para apresentar a prestação das contas da Fundação Universidade de Brasília (FUB) do exercício de 2007.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG