Acordo Ortográfico hspace=4 src=http://images.ig.com.br/educacao/reforma_140x75.gif align=left vspace=3 border=0 SÃO PAULO - Os estudantes da Universidade de São Paulo planejam, para a noite desta sexta-feira, um beijaço gay em protesto à expulsão de dois estudantes do curso de letras, que teriam sido colocados para fora de uma festa por estarem se beijando em cima do palco. O protesto acontece no Centro Acadêmico de Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia, dentro da Cidade Universitária, onde acontecia a festa." / beijaço gay em protesto à suposta atitude homofóbica - Brasil - iG" / Acordo Ortográfico hspace=4 src=http://images.ig.com.br/educacao/reforma_140x75.gif align=left vspace=3 border=0 SÃO PAULO - Os estudantes da Universidade de São Paulo planejam, para a noite desta sexta-feira, um beijaço gay em protesto à expulsão de dois estudantes do curso de letras, que teriam sido colocados para fora de uma festa por estarem se beijando em cima do palco. O protesto acontece no Centro Acadêmico de Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia, dentro da Cidade Universitária, onde acontecia a festa." /

Estudantes da USP planejam beijaço gay em protesto à suposta atitude homofóbica

http://educacao.ig.com.br/acordo_ortografico/Acordo Ortográfico hspace=4 src=http://images.ig.com.br/educacao/reforma_140x75.gif align=left vspace=3 border=0 SÃO PAULO - Os estudantes da Universidade de São Paulo planejam, para a noite desta sexta-feira, um beijaço gay em protesto à expulsão de dois estudantes do curso de letras, que teriam sido colocados para fora de uma festa por estarem se beijando em cima do palco. O protesto acontece no Centro Acadêmico de Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia, dentro da Cidade Universitária, onde acontecia a festa.

Redação |

José Eduardo Góes, de 18 anos, e Jarbas Rezende Lima, 25, dizem que, no dia 10 de outubro, durante um happy hour, quando meninos e meninas sobem em palcos para dançar e também se beijar, o DJ interrompeu o som por volta de 1h30, as luzes foram acessas e o casal gay, repreendido.

AE
Estudantes USP
Estudantes José Eduardo Góes, de 18 anos, e Jarbas Rezende Lima, 25

"O DJ ficou apontando. Acredito que um casal heterossexual não teria sido tão exposto e agredido, afirma Lima. Em segundos, um cara nos arrancou de lá, completou.

A Guarda Universitária foi chamada, mas, segundo os estudantes, os funcionários disseram que nada poderiam fazer.

Os estudantes registraram na Delegacia de Crimes Raciais e Delitos de Intolerância (Decradi) um boletim de ocorrência contra o Centro Acadêmico de Veterinária por constrangimento ilegal e lesão corporal.

A direção do Centro Acadêmico Moacyr Rossi Nilsson informa que a festa foi interrompida porque os garotos exageraram no beijo. A entidade rebate a acusação de homofobia e diz que há estudantes homossexuais que freqüentam a entidade e nunca foram discriminados. Na semana passada, o CA procurou os rapazes para resolver o mal-entendido, mas não foi possível acertar um horário.

Posição da universidade

O diretor da Faculdade de Medicina Veterinária da Universidade de São Paulo, José Antonio Visintin, admitiu na quarta-feira que houve exagero na repreensão a um beijo. Nossa retratação é reconhecer que houve um erro, mas foi algo esporádico, disse.

Leia também:

Leia mais sobre homossexualismo

    Leia tudo sobre: homossexualprotestousp

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG