O Diretório Central dos Estudantes (DCE) da Universidade de Brasília (UnB) lançou na tarde deste domingo o movimento Fora Arruda. Por meio de nota, a entidade que representa os 30 mil universitários da federal de Brasília pediu o impeachment do governador do Distrito Federal, José Roberto Arruda, sob o argumento de que ele é ¿líder de uma quadrilha¿. Além do governador, os alunos também pedem o afastamento do vice-governador, Paulo Otávio, e dos deputados distritais citados no inquérito da operação Caixa de Pandora.

Assista ao vídeo obtido pelo iG:

Leia a íntegra da nota:

O Diretório Central dos Estudantes Honestino Guimarães da Universidade de Brasília, entidade representativa dos mais de 30 mil estudantes da UnB, vem a público expressar seu posicionamento sobre o caso de corrupção no governo Arruda e convida outras entidades estudantis, movimentos sociais de todos os segmentos, e principalmente a toda sociedade brasiliense para que se pronunciem em defesa do Distrito Federal.

Nós, entidades abaixo assinadas, consideramos a situação do governador insustentável. O inquérito da operação "Caixa de Pandora", da Polícia Federal possui diversas acusações, inclusive contando com vídeos e gravações contundentes, atingindo toda a cúpula da política distrital. Por isso, viemos a público exigindo a saída e o IMPEACHMENT definitivo de todos envolvidos.

O esquema de Arruda é classificado pelo Ministério Público Federal como uma quadrilha, cujo líder era Arruda e que recebia 40% de tudo que era desviado das licitações. Mas o escândalo é muito maior do que uma ação individual de José Roberto Arruda.

Tais denúncias evidenciam que a corrupção é sistêmica no governo comandado por José Roberto Arruda, envolvendo não somente seu vice, Paulo Octávio, mas também o Presidente da Câmara Legislativa, deputados distritais e secretários. Por isso, defendemos o afastamento imediato de todos os envolvidos, a fim de garantir a lisura das investigações.

É preciso lembrar que José Roberto Arruda foi também o pivô do escândalo dos painéis do Senado, mesmo após ter jurado pela própria família que era inocente. Dias depois de chorar no Plenário, renunciou. O povo brasiliense não vai, mais uma vez, deixar impune os envolvidos em corrupção.

Fora Arruda!

Leia também:

Leia mais sobre Distrito Federal

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.