Estudantes ampliam invasão da reitoria da UnB

Os estudantes que invadiram na quinta-feira a reitoria da Universidade de Brasília (UnB) exigindo a renúncia do reitor, Timothy Mulholand - acusado de comprar mobília de luxo para seu apartamento funcional com dinheiro de pesquisa científica -, ampliaram hoje a invasão. Antes, eram 40 os alunos que ocupavam o gabinete do reitor, resistindo a uma ordem de desocupação emitida pela Justiça.

Agência Estado |

Agora, são mais de 100.

Pouco antes de uma reunião de dirigentes do movimento com agentes da Polícia Federal mobilizados para executar a ordem de desocupação, centenas de estudantes começaram a pressionar os seguranças que faziam um cordão para proteger o acesso ao gabinete. Os seguranças resistiram por cinco minutos, mas acabaram sendo levados pelo avanço de dezenas de jovens.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG