Estudante morre após ser atingida por tiro em sala de aula no Paraná

A estudante de 14 anos Daniele Moreira de Assis morreu, na manhã desta sexta-feira, após ser atingida por um tiro na cabeça na Escola Estadual Santos Dumont, no bairro Santa Cruz, em Cascavel, no Paraná. O responsável pelo tiro é um colega de sala da vítima. Ele disse à polícia que o tiro foi acidental.

Redação |

O adolescente, de 16 anos, disse que entrou na escola com a arma e, ao pegar uma caneta em sua mochila, na sala de aula, ela disparou. O garoto foi detido e prestou depoimento à polícia na tarde desta sexta-feira.

Após o disparo, o adolescente fugiu da escola, jogou a arma calibre 38 em um terreno baldio próximo, e foi para a casa de parentes, no bairro Esmeralda. Horas depois, o jovem e a arma foram encontrados.

Em depoimento, o garoto disse que estava com a arma para se proteger de ameaças que teria recebido. A Polícia Civil do Paraná informou que seu irmão mais velho havia sido assassinado semanas antes em um provável acerto de contas com traficantes de droga. O menino teria sido transferido de outra escola para fugir das ameaças.

Menino mata colega em escola

Leia mais sobre: violência

    Leia tudo sobre: escolaparanáviolência

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG