Estudante morre após parar para ajudar motorista na Marginal Pinheiros

SÃO PAULO - Um estudante morreu, na noite desta quarta-feira, após parar para ajudar um motorista que estava com o carro quebrado na avenida das Nações Unidas, na Marginal Pinheiros, com a ponte do Jaguaré, segundo a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET).

Redação |

Acordo Ortográfico

Fabio Carvalho da Silva, de 24 anos, tentava desviar o trânsito para socorrer o condutor do veículo parado no local quando foi atropelado por um caminhão. O motorista do caminhão ficou ferido e foi socorrido no pronto-socorro da Lapa. Após o atropelamento, o motorista que Fábio tentou ajudar fugiu.

O acidente ocupou a faixa da esquerda da via até as 4h30 da madrugada desta quinta-feira. Neste momento, não há trânsito de reflexo do acidente no local.

AE
AE
Estudante morre ao tentar socorrer motorista parado na Marginal Pinheiros

Ainda na avenida Nações Unidas, só que na manhã desta quinta-feira e na altura da ponte do Morumbi, outro acidente deixou um ferido. No sentido Castelo Branco, uma colisão entre automóvel e moto ocupou a faixa central da pista expressa por quase duas horas, mas já foi liberado.

A cidade de São Paulo tem 49 quilômetros de lentidão e o pior trecho se encontra na região oeste, cada uma com 23 quilômetros. De acordo com a CET, as vias mais congestionadas são a Marginal Tietê, sentido Ayrton Senna, e a avenida dos Bandeirantes, sentido Imigrantes.

Leia mais sobre: trânsito

    Leia tudo sobre: acidentetrafegotransito

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG