Estreia hoje filme que conta história de Jean Charles

Estreia hoje nos cinemas Jean Charles, filme com Selton Mello que mistura realidade e ficção, contando a história do mineiro que foi morto pela polícia no metrô londrino, suspeito de terrorismo, com direção de Henrique Goldman. Jean Charles foi feito em relativamente pouco tempo.

Agência Estado |

Entre as informações na imprensa, as etapas foram sendo queimadas rapidamente. Para Goldman, as coisas não foram tão rápidas assim. “Não estou me queixando, só quero deixar claro que não filmamos a toque de caixa.”

E o filme, embora reconstitua a história de Jean Charles, não é sobre ele, ou só sobre ele. É sobre brasileiros no exterior, o tema que atrai o diretor, até porque, só assim, Goldman fala de si - da sua (da nossa) identidade. A maioria vai em busca de oportunidades, para ganhar dinheiro. O perfil desse migrante pouco muda - em geral é pobre e busca lá fora a vida que aqui não teve. Goldman reconstitui a história de Jean Charles pelo olhar de sua prima, a personagem de Vanessa Giácomo.

Jean Charles começa e termina com ela, em diferentes momentos de sua vida. “Essas coisas vão saindo naturalmente. Não são premeditadas. Chega um momento em que o roteiro e os personagens exigem soluções.” Para contextualizar as circunstâncias da morte de Jean Charles, Goldman recria o clima de paranoia nessa Inglaterra assolada por ataques do terror. E ele não transforma Jean Charles num herói. “Não queria exagerar, fazendo dele um santo. Com um ator como Selton e com a linha dramática já definida - esse cara é uma vítima, com certeza -, posso fazer dele uma figura mais complexa.”

Jean Charles é um virador. A luta pela sobrevivência o faz pisar na bola. Quando sua vida parece que vai endireitar de vez, ocorre a tragédia - ele está no local errado. Fim - para Jean Charles, mas não para Vanessa, personagem principal no filme. Goldman tem ouvido que sua ficção tem muito de documentário. “Não sei o que é isso; não consigo conceituar o que é um e o que é outro. Quis fazer um filme verdadeiro.” As informações são do jornal O Estado de S.Paulo .

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG