Estradas do Rio registram mais acidentes no feriadão do Dia do Trabalho

RIO DE JANEIRO ¿ A Polícia Rodoviária Federal registrou 134 acidentes, com 72 feridos e duas mortes, nas estradas federais fluminenses no feriado prolongado do Dia do Trabalho, segundo balanço divulgado nesta segunda-feira. De acordo com a PRF, na comparação com o feriadão da Semana Santa, o Dia do Trabalho contabilizou um aumento de 6,5% em relação ao número de acidentes ¿ foram 126 na Páscoa ¿ e de 38,5% em relação ao número de feridos ¿ 52 no feriado anterior.

Redação |

Na comparação com o número de mortes ocorridas nas estradas, a PRF registrou uma queda de 71,5%, com duas vítimas, sendo uma por atropelamento. Na Semana Santa,  sete pessoas morreram em acidentes nas rodovias. A operação Dia do Trabalhador teve início à zero hora da última quinta-feira e foi encerrada à meia-noite de domingo.

Para a Polícia Rodoviária Federal, o tempo estável e as  boas condições de tráfego nas estradas fizeram com que os motoristas se arriscassem mais, resultando no alto número de acidentes, embora com baixo índice de vítimas fatais. Durante o feriado prolongado, foram autuados cerca de 2 mil veículos. Os radares flagraram em torno de 700 motoristas cometendo essa infração.

Segundo o boletim da PRF, o maior número de acidentes aconteceu na quinta-feira, quando foram contabilizadas 40 ocorrências. De acordo com o órgão, muitos motoristas têm ansiedade em viajar logo no início do feriadão, mas muitas vezes não se planejam, acarretando problemas.

Os policiais realizaram ainda durante a operação Dia do Trabalhador 3.600 testes de bafômetro. Doze pessoas foram flagradas dirigindo sob o efeito do álcool, sendo que cinco delas foram presas.

Leia mais sobre: Dia do Trabalho

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG