Estiagem já deixa 13 cidades gaúchas em emergência

Último município a decretar emergência foi Dom Pedrito. Mais de 41 toneladas de alimentos foram distribuídas; preço da carne sobe

iG São Paulo |

Mais uma cidade gaúcha decretou situação de emergência, nesta terça-feira, por conta da estiagem que atinge o Rio Grande do Sul, o que eleva para 13 o número de municípios nesta situação. A última cidade a decretar emergência foi Dom Pedrito, localizada a 439 km da capital, Porto Alegre.

As outras cidades são: Candiota, Pedras Altas, Hulha Negra, Piratini, Santana do Livramento, Lavras do Sul, Herval, Pinheiro Machado, Pedro Osório, Cerrito, Bagé e Aceguá.

 De acordo com a Defesa Civil do Estado, já foram entregues à população dos municípios que solicitaram auxílio 41,9 toneladas de alimentos, 150 filtros de água, além de disponibilizadas dez pipas de vinil, com capacidade de 4,5 mil litros cada.

A falta de chuva no Rio Grande do Sul reduziu o rebanho bovino e o impacto já está sendo sentido nos frigoríficos, informou o Sindicato da Indústria de Carnes e Derivados do estado (Sicadergs).

Conforme o presidente do sindicato, Ronei Lauxen, o preço do boi aumentou 5% neste começo de ano. “Nos últimos sete meses, o movimento considerado normal de abate girava em torno de 130 mil a 150 mil cabeças mensalmente, neste mês está diferente por causa da seca. Não há risco de o produto faltar, mais o valor pode vir embutido nos preços dos supermercados”, disse Lauxen.

De acordo com a Associação e Sindicato Rural de Bagé, o fato de a seca ter começado ainda na primavera, provocou um atraso no ciclo natural das pastagens e isso refletiu no desenvolvimento dos animais, que tiveram falta de alimento.

O Instituto Nacional de Meteorologia prevê para esta terça-feira na região céu parcialmente nublado durante todo o dia, mas a máxima deve chegar nos 37ºC.

Rio de Janeiro e Minas

Enquanto o Sul do País sofre com a seca, o Rio Janeiro viveu uma tragédia por conta de fortes chuva s e, em Minas Gerais, já chega a cem o número de cidades mineiras que decretaram situação de emergência. Segundo informações da Defesa civil Estadual, as duas últimas notificações foram feitas ontem pelas cidades de Ipuiuna e Inimutaba.

Em todo o Estado, 150 municípios foram atingidos pelas chuvas, afetando 1.324.430 moradores. Deste total, 17.681 estão desalojados (aqueles que podem contar com a ajuda de vizinhos e familiares) e outros 2.628 ficaram desabrigados (aqueles que perderam tudo e precisam de abrigos públicos). Por conta das chuvas, 17 pessoas morreram e 92 ficaram feridas.

*Com informações das agências Estado e Brasil

    Leia tudo sobre: estiagemrio grande do sulsecaemergência

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG