Estátua de Martin Luther King é vetada nos EUA por excessos estéticos

NOVA YORK - A estátua de Martin Luther King idealizada pelo artista chinês Lei Yixin estava destinada a decorar o memorial em homenagem ao pai dos direitos civis, na capital dos Estados Unidos. Mas a obra foi vetada pela Comissão de Belas Artes de Washington porque, segundo seus integrantes, tornou-se agressiva demais, colossal demais e inspirada demais no realismo socialista e na arte dos Estados totalitários.

Ansa |

Reprodução
Reprodução
Conhecido pelas esculturas monumentais de Mao Tsé Tung e de outros líderes revolucionários, Lei Yixin foi vítima da Revolução Cultural chinesa e agora, de volta ao país, trabalha para seu governo em construções públicas. Mas a idéia de esculpir um Luther King robusto e altivo não agradou a comissão norte-americana.

"Nós não o vemos como um guerreiro, mesmo sendo um guerreiro pela paz. Não um pacifista qualquer, mas um homem de grandes convicções e grande força", explica James Chaffers, da Universidade de Michigan e um dos consultores artísticos da obra, intitulada "Rocha da Esperança".

O projeto inicial de 2006, idealizado pelo arquiteto Ed Jackson e aprovado sem problemas, deveria mostrar o reverendo negro saindo de uma rocha e com os braços cruzados, mas, com o passar do tempo, o desenho foi mudando e ganhou a cara do artista escolhido.

"A metáfora de King que se materializa da rocha foi transformada em uma imagem colossal e agressiva. O realismo socialista deve ser esquecido, e que se pense em Rodin ou Michelangelo como fonte de inspiração", ensina o secretário da comissão, Thomas Luebke. Outros críticos já haviam dito que a tarefa deveria ser destinada a um artista negro.

A Comissão de Belas Artes de Washington -- organismo federal que ajuda o governo norte-americano a analisar a estética das obras públicas na capital -- está autorizada por lei a vetar qualquer tipo de aspecto "indesejável" de grandes projetos como esta homenagem a Martin Luther King.

O memorial custará US$ 100 milhões e ficará em frente ao memorial de Thomas Jefferson, inspirado no Pantheon romano. A construção deve começar nos próximos meses e será encerrada no começo de 2010. Um modelo da estátua "Rocha da Esperança" está em processo de construção na China.

Saiba mais sobre: Martin Luther King

    Leia tudo sobre: martin luther king

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG