Estátua de Drummond ganha novo óculos pela quinta vez

RIO DE JANEIRO - A Prefeitura do Rio e a empresa Essilor recolocaram no final da manhã desta segunda-feira o óculos da estátua do poeta Carlos Drummond de Andrade (1902-1987), na orla de Copacabana, zona Sul do Rio. Esta é a quinta vez que os óculos são recolocados, após terem sido furtados. O último furto ocorreu em maio deste ano.

Redação |

SMAC
Estátua ganhou óculos pela 5ª vez
A estátua em bronze foi adotada oficialmente no dia 1º de agosto pela Essilor, fabricante das lentes para óculos Varilux. Representantes da empresa e da Secretaria Municipal de Meio Ambiente estiveram presentes ao evento, que também relembrou o 21º aniversário da morte de Drummond, comemorada no último dia 17.

A cena atraiu a atenção dos turistas nacionais e estrangeiros que passeavam pela orla de Copacabana. Dois turistas alemães e dois franceses chegaram a acompanhar o trabalho de soldagem dos óculos, e se mostraram felizes com o carinho e a homenagem ao poeta brasileiro.

Instalada em 2001 no calçadão de Copacabana, próximo à esquina das avenidas Atlântica e Rainha Elizabeth, a estátua do mais carioca dos poetas mineiros tem sido alvo de sucessivos atos de vandalismo, com o furto dos óculos que eram uma característica sua eternizada em fotografias e desenhos de próprio punho.

A escultura, em tamanho natural, reproduz a figura de Drummond sentado, de costas para o mar, num dos bancos do calçadão de Copacabana, na altura do Posto 6, onde ele costumava passar as tardes. No banco que serve de base para a estátua, a placa exibe um verso do seu poema Mas Viveremos: No mar estava escrita uma cidade.

Veja também:

Leia mais sobre: Carlos Drummond de Andrade

    Leia tudo sobre: carlos drummond de andradeestátuario

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG