Estamos vencendo a luta contra a fome e a desnutrição, diz Patrus

BRASÍLIA - O ministro do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, Patrus Ananias, afirmou nesta terça-feira que o Brasil está vencendo uma luta histórica contra a fome e a desnutrição.

Agência Brasil |

Estamos avançando muito e devemos colocar isso sem arrogância e sem falsa modéstia, para que possamos pensar nos desafios, disse ele, ao participar do seminário Exigibilidade do Direito Humano à Alimentação Adequada e o Sistema Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional, que marca a Semana Mundial da Alimentação.

Patrus Ananias lembrou o compromisso assumido pelo país de erradicar a fome até 2050. Segundo ele, o Brasil se aproxima do montante de 20 bilhões de euros por ano investidos em programas sociais. É uma opção clara, um esforço para colocar as políticas sociais no campo das políticas públicas, superando o clientelismo e o assistencialismo, disse.

De acordo com o ministro, os desafios na segurança alimentar incluem integrar a lei à realidade sobretudo quando o assunto são as chamadas leis sociais que, para ele, apresentam maior dificuldade para serem publicadas.

Durante o evento, o presidente do Conselho Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional (Consea), Renato Maluf, também cobrou do Congresso Nacional a aprovação da proposta de emenda à Constituição (PEC) que inclui a alimentação entre os direitos sociais.

Maluf afirmou que a medida poderá contribuir para um envolvimento mais efetivo de todos os níveis de governo na segurança alimentar. Tem muita conquista sendo feita, mas vamos comemorar mesmo se o Congresso aprovar rapidinho a PEC que já está entrando em aprovação, acrescentou. O Consea quer a aprovação da PEC até o dia 16 deste mês, data em que se comemora o Dia Mundial da Alimentação.

Leia mais sobre: fome 

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG