Publicidade
Publicidade - Super banner
Brasil
enhanced by Google
 

Estado de SP registra infecção por micobactéria

O Estado de São Paulo já registra neste ano pelo menos onze novos casos de infecção por micobactérias entre pessoas que passaram por cirurgias. A doença, que causa lesões de difícil cicatrização e nódulos, não era verificada no Estado desde 2004.

Agência Estado |

Mas desde julho deste ano o município de Assis, a 427 km da capital, já notificou a Secretaria de Estado da Saúde sobre dez pacientes que teriam sido contaminados após videolaparoscopias - cirurgias menos invasivas realizadas com o auxílio de câmeras, por meio de pequenos orifícios na pele.

A assessoria de imprensa do secretário de Estado da Saúde, Luiz Roberto Barradas Barata, informou ontem que o último caso ocorreu em Campinas, a 92 km da capital, mas destacou que não daria mais informações sobre a situação e que os dados deveriam ser buscados na Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Apenas uma notificação de São Paulo, no entanto, já foi recebida pela agência.

Desde o fim de 2007, o País vive um recrudescimento da epidemia da doença, e 76 novos casos foram notificados só neste ano, o que levou a Anvisa a decretar emergência epidemiológica em agosto. Os primeiros registros de infecções, no entanto, ocorreram entre em 2001 e 2002, no Pará, seguidos por epidemia em 2003 em São Paulo, com 29 casos. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Leia tudo sobre: iG

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG