Essencial ao organismo, colesterol deve ser monitorado, diz médico

O colesterol é essencial para o funcionamento do organismo, já que é uma reserva energética, faz parte da constituição da membrana celular (capa que reveste as células dos tecidos) e é substrato para a produção de hormônios e da vitamina D. Porém se torna perigoso quando suas taxas no sangue estão elevadas.

Agência Estado |

De acordo com o médico e diretor do Instituto de Metabolismo e Nutrição (Imen), Daniel Magnoni, 70% do colesterol é produzido pelo organismo e 30% provém da alimentação. Como há pessoas que nascem geneticamente destinadas a serem produtoras ativas, ele alerta para o fato de que "não tem nada a ver com excesso de peso, pois indivíduos magros podem ter níveis altos de colesterol". Por isso, ele diz que as taxas de colesterol devem ser monitoradas.

Magnoni esclarece que há dois tipos de colesterol: o HDL, chamado de "bom colesterol", já que protege o organismo, e o LDL, o "colesterol ruim", responsável pela formação de placas que, com o tempo, obstruem as artérias. O médico dá dicas para o controle do colesterol: diminuir o consumo de carne vermelha e de proteína animal, aumentar o consumo de frutas, legumes, vegetais, azeite extra virgem e fibras solúveis, além de praticar atividades físicas.

AE

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG