Espírito Santo registra cinco mortes por leptospirose em decorrência das chuvas

VITÓRIA ¿ Cinco mortes por leptospirose foram registradas no Espírito Santo em decorrência das fortes chuvas que atingem o Estado desde novembro do ano passado. O número foi confirmado nesta segunda-feira pela Secretaria Estadual de Saúde. De acordo com o órgão, entre as vítimas está uma criança. Os óbitos aconteceram nos municípios de Vitória, Vila Velha, Cariacica, Serra e Aracruz.

Redação |

No total, entre 2 de novembro e 9 de janeiro, foram confirmados 55 casos de leptospirose. A Secretaria Estadual de Saúde recebeu no mesmo período 293 notificações de casos de suspeita da doença.

O órgão alerta a população que evite o contato com a água que se acumula nas ruas por causa das enchentes. É por meio dela, que pode armazenar a urina de ratos, que a leptospirose contamina as pessoas. Na urina dos roedores se acumula a bactéria transmissora da doença, a leptospira.

Os sintomas da leptospirose são febre, dor de cabeça, vômito e uma dor característica na panturrilha. Quem apresentar esses sinais deve procurar uma unidade de saúde de sua cidade. Não há vacina ou medicação preventiva contra a leptospirose. O tratamento é realizado com antibióticos.

Veja também:

Leia mais sobre: chuvas


    Leia tudo sobre: chuvachuvasdesabrigadosdesalojadosenchenteespírito santotemporais

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG