Espera por transplante de córnea cai 90% em dois anos em SP

O tempo de espera para realização de transplante de córnea no Estado de São Paulo caiu 90,2% nos últimos dois anos, segundo dados da Secretaria Estadual de Saúde, com base nos dados da Central Estadual de Transplantes. Há dois anos, a fila era de 5,2 meses na capital, Grande São Paulo e litoral, 3,3 meses na região de Sorocaba e Campinas, 1,3 mês na área de Ribeirão Preto e Rio Preto e de 11,3 meses nas regiões de Marília e Botucatu.

Agência Estado |

Atualmente a fila de pacientes ativos (aqueles considerados aptos a realizar a cirurgia) é de apenas 39 pessoas.

Os transplantados em agosto deste ano aguardaram, em média, 20 dias para fazer a cirurgia, enquanto no mesmo período de 2007 o tempo foi de 204 dias - ou quase sete meses. Em agosto, por exemplo, as pessoas transplantadas aguardaram, em média, 123 dias para realizar a operação.

O tempo, segundo a secretaria, varia conforme a região do Estado onde o paciente está inscrito. Na capital, região metropolitana e litoral os transplantados em agosto deste ano aguardaram em média 12 dias para fazer a cirurgia. Na região de Campinas e Sorocaba, 9 dias. Já na área de Ribeirão Preto e São José do Rio Preto foram 21 dias de espera, enquanto na região de Marília e Botucatu a espera foi de 40 dias.

De janeiro a agosto deste ano houve 3.995 transplantes de córnea no Estado, contra 4.125 no mesmo período do ano passado. O número é menor porque o total dos que aguardam por um transplante vem diminuindo progressivamente.

Solange Spigliatti

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG