http://ultimosegundo.ig.com.br/brasil/2008/10/17/adolescente_e_refem_por_mais_de_89_horas_em_sp_2052716.html target=_topseqüestro entrou no 4º dia nesta sexta-feira." / http://ultimosegundo.ig.com.br/brasil/2008/10/17/adolescente_e_refem_por_mais_de_89_horas_em_sp_2052716.html target=_topseqüestro entrou no 4º dia nesta sexta-feira." /

Especialistas criticam volta de refém em Santo André; sequestro entra no 4º dia

Especialistas criticaram a volta de uma das duas garotas mantidas reféns em Santo André, no ABC paulista. A adolescente, que havia sido liberada na terça-feira, retornou na quinta-feira ao apartamento onde sua amiga é mantida em cárcere privado. O http://ultimosegundo.ig.com.br/brasil/2008/10/17/adolescente_e_refem_por_mais_de_89_horas_em_sp_2052716.html target=_tophttp://ultimosegundo.ig.com.br/brasil/2008/10/17/adolescente_e_refem_por_mais_de_89_horas_em_sp_2052716.html target=_topseqüestro entrou no 4º dia nesta sexta-feira.

Agência Estado |

AE
Adolescente, feita refém novamente, negocia
Adolescente, feita refém novamente, negocia

A polícia teria acatado uma exigência do seqüestrador. "Foi um erro grosseiríssimo", afirma o coronel da reserva José Vicente da Silva, diretor do Instituto Pró-Polícia e ex-secretário Nacional de Segurança Pública. "Colocar mais um inocente em risco é a última coisa que poderia ser feita".

Silva não foi o único a condenar a concessão feita pelo Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate) da Polícia Militar. "Não entendi como permitiram a volta de uma refém menor de idade ao ambiente de risco", diz o capitão da reserva Rodrigo Pimentel, ex-comandante do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) da PM do Rio e co-autor do livro 'Elite da Tropa' - que deu origem ao filme. "Foi uma decisão pouco responsável."

Policiais que já atuaram no Gate e hoje ocupam outros postos também criticaram a maneira como o processo vem sendo conduzido. "No processo de negociação é preciso haver alguns limites", defende um deles. "É inadmissível colocar a vida de alguém em risco. E, pior ainda, menor de idade." Como o comando da PM não autorizou que ninguém se manifestasse antes do fim do caso, eles pediram para não ter seus nomes revelados.

O caso

Lindembergue Alves, de 22 anos, invadiu o apartamento por volta das 13h30 de segunda-feira, 13, por estar inconformado com o fim do relacionamento com Heloá.

Na noite de terça-feira, ele libertou a amiga da ex-namorada do rapaz, identificada como Nayara. Pouco antes da libertação, às 22h, foi restabelecido o fornecimento de energia elétrica que havia sido cortado seis horas antes. A decisão foi tomada porque, durante a tarde, um tiro havia sido disparado dentro do apartamento e a refém seria liberada.

Nayara acabou por ser rendida novamente na manhã desta quinta-feira. Seu retorno foi pedido pelo sequestrador como condição para a libertação de Heloá, mas, quando a menina entrou no apartamento, se tornou refém de novo.

Nesta sexta-feira, as janelas estão fechadas e ninguém apareceu até o momento.

Leia também:

    Leia tudo sobre: sequestro santo andré

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG